sábado, 14 de março de 2015

Militantes que participaram do ato da CUT em defesa da Petrobras e da presidente Dilma foram flagrados recebendo dinheiro durante a manifestação



      Um grupo de militantes do Sindicato dos Petroleiros do Norte Fluminense, que participou na tarde de ontem do ato em "defesa da Petrobras" no Rio de Janeiro foi flagrado pela reportagem da folha de São Paulo recebendo notas de R$ 50,00 de um homem que vestia a camisa com o logotipo do sindicato. E o mais suspeito é que o grupo de mulheres que receberam o dinheiro não tinha nem de longe o porte físico comum de operários do setor de petróleo que trabalham embarcados nas plataformas. É evidente que estas pessoas não eram montadores de andaime, soldadores... Estas mulheres não eram representantes dos sindicatos, eram pessoas pagas para participarem da manifestação.
Postar um comentário