quarta-feira, 11 de fevereiro de 2015

Destino de Pizzolato será decidido nesta quinta-feira



      A Procuradoria-Geral da República do Brasil informou que a Corte de Cassação de Roma, na Itália decidirá amanhã se ex-diretor de marketing do BB Henrique Pizzolato será ou não extraditado. Pizzolato foi condenado a 12 anos e 7 meses de prisão por corrupção passiva, peculato e lavagem de dinheiro no julgamento do mensalão, mas, em 2013, fugiu para a Itália. Foi preso na cidade italiana de Maranello em fevereiro de 2014 por portar documento falso. Depois, foi solto em 28 de outubro, quando a Corte de Bolonha negou sua extradição e permitiu que ele respondesse em liberdade. No mês seguinte, a Advocacia-Geral da União (AGU) do Brasil apresentou o recurso contra a decisão.
Postar um comentário